PRÉ-JOGO – Catanduvense x Ferroviária

É hoje. Em pouco menos de duas horas, a Ferroviária inicia sua jornada pelo Campeonato Paulista da Série A2. A obsessão pelo acesso à elite do estadual se faz presente mais uma vez, e nós, torcedores, não deixamos de sentir a velha desconfiança, fruto de seguidas campanhas de fracasso, algumas inclusive enchendo de esperança a torcida grená.

A caminhada começa em Catanduva, contra a tradicional “bruxa”, mascote do Catanduvense, equipe que têm sofrido com lesões de jogadores e com troca constante de comandante. A pré-temporada conturbada dos adversários e a perspectiva de iniciar a campanha com um bom resultado fora de casa é a principal motivação da Ferroviária, que após a estreia, terá dez jogos em seu território, e apenas oito fora. A temporada já se inicia com um jogo de seis pontos.

O time dirigido por Milton Mendes deve ir a campo com um 4-4-2 clássico. O problema são os desfalques. Alcides e Roberto, titulares importantes na temporada passada, são baixas para a estreia, mas devem retornar em breve. O zagueiro já está recuperado e precisa apenas ganhar ritmo de jogo. Roberto sofreu um estiramento na coxa, mas deve retornar em pouco tempo. A baixa principal é o atacante Thiago Marques, com uma grave lesão de ligamentos do joelho, tirando o jogador do restante da temporada.

A provável escalação do técnico Milton Mendes conta com: Rodolfo, Paulo Henrique, Luan, Neguete e Cleidson, Édson Magal, Milton Júnior, Danilo Sacramento e Alan Mineiro, Elder Santana e Thiago Adan.

A defesa demonstrou um entrosamento razoável na pré-temporada, não deverá comprometer. O destaque fica por conta do meio-campo grená. Édson Magal deverá ser o volante recuado, responsável pela recuperação de bolas e por cobrir a defesa. Milton Júnior, um dos destaques da última campanha da Ferroviária, é o motor do time, responsável por auxiliar na marcação sem bola, e ser a válvula de escape da ligação entre setor defensivo e ofensivo. Funciona como um clássico meia área a área (ou box-to-box), populares na Inglaterra.

Danilo Sacramento terá função parecida, com atributos pouco mais avançados. É um meia tradicional do futebol paulista, com boa finalização e destaque no passe longo. Deverá ser uma adição excelente para o elenco grená. Alan Mineiro, o artilheiro da Ferroviária em 2014, funciona muitas vezes como um terceiro atacante, sendo peça fundamental para a vertente ofensiva grená. O ataque até então é a maior incógnita grená.

A peça “polêmica” do elenco é o lateral Paulo Henrique, anteriormente contratado para a equipe e abandonando o elenco logo em seguida. Alguns torcedores nutrem uma imagem ruim do jogador, mas o lateral, ex-Palmeiras, tem muito a acrescentar ao elenco grená, se vingar, deve ser uma das peças principais do elenco.

A partida terá início às 19h, com transmissão ao vivo da SPORTV. Uma grande oportunidade de acompanhar a estreia da Ferrinha, em mais uma epopeia em busca do tão sonhado acesso. Acredito em uma boa estreia, e se a vitória vier, será um início brilhante para uma campanha que pode vir a ser histórica. Será em 2015?

Advertisements

About Willian Bizarro

23 anos, formado em Comunicação Social (Jornalismo) pela Universidade de Araraquara (UNIARA). Afeano, palmeirense e torcedor do Liverpool, sendo grande amante do futebol inglês e do interior paulista.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s